Amiodarona

grupos farmacológicos:

fórmula molecular:

C9H8O4C25H29I2NO3

princípio ativo:

cloridrato de amiodarona

Quais são os Nomes Comerciais da Amiodarona?

Atlansil, Ancoron, Angiodarona, Angyton, Cardiocoron, Cor mio, Miocoron, Miocor, Miodarid, Miodaron, Miodon, Cloridrato de Amiodarona.

Qual é o Mecanismo de Ação da Amiodarona?

Amiodarona atua bloqueando os canais de potássio, prolongando demasiadamente a repolarização e, como consequência, o período refratário.

Para que Amiodarona é Indicada?

Amiodarona é indicada em casos de arritmia ventricular, seja para prevenção ou tratamento.

Qual é a Posologia da Amiodarona?

Adultos:

Dose de ataque, 800-1.600 mg/dia, por 2 a 3 semanas;

Manutenção, 100-400 mg/dia.

Quais são os Efeitos Colaterais da Amiodarona?

Fadiga, mal-estar, tremores, tontura, náusea, vômito, constipação intestinal, hipotensão, distúrbios visuais, microdepósitos assintomáticos na córnea, diminuição da função da tireoide, toxicidade pulmonar grave e sensibilidade à luz.

Quais são os Cuidados de Enfermagem para Pacientes sob uso de Amiodarona?

• Não administrar amiodarona em pacientes com quadro de choque cardiogênico, disfunção sinonodal grave, bloqueio atrioventricular de segundo ou terceiro grau ou em casos de síncope advinda de um quadro de bradicardia (exceto em casos de uso concomitante com marca-passo) ;

• Monitorar e anotar pressão arterial e informar o enfermeiro se PA menor que 100x60mmHg ou maior que 140x90mmHg.

• Monitorar e anotar frequência cardíaca e informar o enfermeiro se FC menor que 60bpm ou maior que 100bpm.

• Monitorar e anotar frequência respiratória e informar o enfermeiro se FR menor que 12irpm ou maior que 20irpm.

• Avaliar e anotar aspecto e coloração da pele e informar o enfermeiro se houverem sinais de icterícia. (Este cuidado justifica-se por conta da amiodarona aumentar os riscos de toxicidade hepática);

• Amiodarona pode potencializar o efeito de anticoagulantes cumarínicos, portanto caso o paciente faça o uso de algum anticoagulante cumarínico, deve-se observar com mais atenção a incidência de sangramentos, visto que o risco neste caso está aumentado.

• Durante o uso de Amiodarona, é recomendado que o paciente esteja sob monitoramento contínuo, e que o eletrocardiograma seja realizado de forma frequente, com a finalidade de observar a resposta do paciente ao tratamento submetido.

• Lactantes não devem amamentar durante o uso de Amiodarona, visto que cerca de 25% da droga é eliminada através do leite, podendo causar complicações ao lactente.

Referências

BRASIL, ANVISA. Bulário Eletrônico. 2016. Disponível em: https://consultas.anvisa.gov.br/#/bulario/. Acesso em: 02 mai. 2022.

BARROS, Elvino. Medicamentos de A a Z: 2016-2018. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

CAETANO, Norival. BPR – Guia de Remédios 2016/17. 13ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

MOLINA, Flávia Teixeira; ZANUSSO JÚNIOR, Gerson. ANTICOAGULANTES CUMARÍNICOS: AÇÕES, RISCOS E MONITORAMENTO DA TERAPÊUTICA. Sabios: Rev. Saúde e Biol., Nova Esperança-Rs, v. 9, n. 2, p. 75-82, 2014. Disponível em: https://revista2.grupointegrado.br/revista/index.php/sabios/article/view/1263/599. Acesso em: 28 jul. 2022.

escrito por:

Gabriel Fellipe Félix Lima

Gabriel Fellipe Félix Lima

Graduando em Enfermagem pela PUC Goiás, Designer Gráfico, Programador e Apaixonado por Tecnologia!