Enalapril

grupos farmacológicos:

fórmula molecular:

C20H28N2O5

princípio ativo:

Maleato de Enalapril

Quais são os Nomes Comerciais do Enalapril?

Renitec, Enaprotec, Eupressin, Vasopril.

Qual é o Mecanismo de Ação do Enalapril?

Inibe a enzima conversora da angiotensina (ECA). A inibição da ECA resulta na diminuição da angiotensina II plasmática, o que aumenta a atividade da renina plasmática e diminui a secreção de aldosterona.

Para que Enalapril é Indicado?

Enalapril é indicado para o tratamento de todos os graus de hipertensão essencial, tratamento da hipertensão renovascular e todos os graus de insuficiência cardíaca.

Qual é a Posologia do Enalapril?

Adultos:

Em HAS, a dose diária usual varia de 2,5-40 mg/dia, VO, 1 ou 2x/dia.

Em hipertensão renovascular, iniciar com 2,5- 5 mg.

Em ICC, a dose inicial é 2,5-5 mg, 1 ou 2x/dia (utilizar a menor dose inicialmente em pacientes com IR, hiponatremia ou ICC grave).

*Dose máxima: 40 mg/dia.

Quais são os Efeitos Colaterais do Enalapril?

Tosse seca, hipotensão postural, cefaleia, tontura, fadiga, sonolência, hipercalemia, aumento do ácido úrico, náuseas, aumento da creatinina sérica. Raramente, neutropenia, leucopenia e angioedema.

Quais são os Cuidados de Enfermagem para Pacientes sob uso de Enalapril?

• Verificar se o paciente possui histórico de hipersensibilidade ao medicamento ou similares (inibidores da ECA)

• Não deve-se administrar esse medicamento em mulheres grávidas

• Verificar as interações medicamentosas (como: sacubitril)

• Pacientes que realizem terapia diurética, restrição de sal na dieta, diálise, diarreia ou vômitos devem ser monitorados pois podem apresentar hipotensão.

• Realizar monitoramento em pacientes que possuam obstrução da via de saída do ventrículo esquerdo ou comprometimento da função renal.

• Explicar ao paciente sobre os possíveis efeitos colaterais ao uso do medicamento.

• Orientar ao paciente que diminua a ingestão de alimentos ricos em potássio, se apresentar reações que comprovem hipercalemia, como câimbras.

Referências

BRASIL, ANVISA. Bulário Eletrônico. 2016. Disponível em: https://consultas.anvisa.gov.br/#/bulario/. Acesso em: 02 mai. 2022.

BARROS, Elvino. Medicamentos de A a Z: 2016-2018. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

CAETANO, Norival. BPR – Guia de Remédios 2016/17. 13. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

escrito por:

Gabriel Fellipe Félix Lima

Gabriel Fellipe Félix Lima

Graduando em Enfermagem pela PUC Goiás, Designer Gráfico, Programador e Apaixonado por Tecnologia!