Bromocriptina

grupos farmacológicos:

fórmula molecular:

C32H40BrN5O5

princípio ativo:

Bromocriptina

Quais são os Nomes Comerciais da Bromocriptina?

Parlodel, Bromocriptina.

Qual é o Mecanismo de Ação da Bromocriptina?

Inibe a secreção da prolactina, hormônio da hipófise anterior, sem afetar os níveis normais de outros hormônios hipofisários. No entanto, pode reduzir níveis anormalmente elevados do hormônio de crescimento (GH) em pacientes com acromegalia.

Para que Bromocriptina é Indicada?

É indicado para o tratamento da doença de Parkinson; De estados hiperprolactinêmicos patológicos incluindo amenorreia, infertilidade feminina e hipogonadismo; Tratamento de pacientes com adenomas que secretam prolactina e acromegalia.

Qual é a Posologia da Bromocriptina?

Adultos:

Em todas as suas indicações, iniciar com 1,25 mg/2x/ dia, VO, aumentando 2,5 mg em dias alternados.

Na doença de Parkinson, a dose total diária é de aproximadamente 30-90mg/dia, dividida em várias tomadas.

Quais são os Efeitos Colaterais da Bromocriptina?

As reações mais comuns são: dor de cabeça, sonolência, vertigem, congestão nasal, náusea, constipação, vômitos e queda da pressão arterial.

Quais são os Cuidados de Enfermagem para Pacientes sob uso de Bromocriptina?

• Deve-se tomar precauções com pacientes com problemas renais, hepáticos, úlcera gástrica, doenças cardiovasculares ou história de psicoses.

• Orientar ao paciente que realiza a higienização bucal mais vezes ao dia pois o Parlodel pode inibir o fluxo salivar, contribuindo para o desenvolvimento de cáries.

• Em pacientes que fazem o uso dessa medicação por um tempo prolongado e em altas doses deve-se estar alerta ao surgimento de sintomas como: dor nas costas, edema dos membros inferiores, função renal prejudicada. Já que podem indicar que o paciente está desenvolvendo fibrose retroperitoneal. Dessa forma, o uso da medicação deve ser interrompido imediatamente.

• Pacientes que façam uso de contraceptivos orais devem ser orientados a utilizar outras medidas contraceptivas durante o tratamento com Parlodel.

• Realizar o monitoramento periodicamente da pressão do paciente que esteja utilizando concomitantemente medicamentos que baixam a pressão arterial ou que a alterem.

• Os pacientes devem ser regularmente monitorados pois podem desenvolver transtornos do controle dos impulsos, que tem como sintomas: aumento da libido, hipersexualidade, compulsão por gastar, comprar ou comer e jogos patológicos.

• Recomendar que o paciente não realize atividades que exijam concentração, como dirigir e operar máquinas.

Referências

BRASIL. ANVISA. . Bulário Eletrônico. 2016. Disponível em: https://consultas.anvisa.gov.br/#/bulario/. Acesso em: 02 mai. 2022.

escrito por:

Gabriel Fellipe Félix Lima

Gabriel Fellipe Félix Lima

Graduando em Enfermagem pela PUC Goiás, Designer Gráfico, Programador e Apaixonado por Tecnologia!