Amoxicilina + Clavulanato

grupos farmacológicos:

fórmula molecular:

C16H19N3O5S + C8H8KNO5

princípio ativo:

amoxicilina + clavulanato de potássio (ácido clavulânico)

Quais são os Nomes Comerciais da Amoxicilina + Clavulanato?

Novamox, Novoxilac, Clavicin, Doclaxin, Amplamox Ac, Clavutrex, Sigma Clav Bd, Sinot Clav, Sigma-Clav, Clavulin, Clavulin Bd, Clavulin Iv, Clavutam, Claxam, Atal Clav, Clavicin, Policlavumoxil, Duromax, Duzimicin, Lânico.

Qual é o Mecanismo de Ação da Amoxicilina + Clavulanato?

Amoxicilina atua inibindo a síntese da membrana celular bacteriana. O Clavulanato de Potássio se liga à enzima betalactamase, impedindo a hidrólise do anel betalactâmico da penicilina, potencializando o efeito bactericida do fármaco.

Para que Amoxicilina + Clavulanato é Indicada?

Amoxicilina + Clavulanato de Potássio é indicado para tratar uma variedade de infecções em diversos sistemas do corpo, podendo ser eficaz por exemplo, em casos de: infecção da pele e dos tecidos moles; infecção orofacial; infecção respiratória; infecção urinária; infecção odontogênica.

Qual é a Posologia da Amoxicilina + Clavulanato?

Comprimido:

Adultos:

– Infecção leve a moderada: 250 mg a cada 8 horas ou 500 mg a cada 12 horas.

– Infecção grave: 
500 mg a cada 8 horas ou 875 mg a cada 12 horas.

– Sinusite bacteriana aguda (a partir de 16 anos de idade):
 1 g de amoxicilina a cada 12 horas, durante 10 dias.

* A dose máxima diária para adultos é de 4,5g (de amoxicilina) / dia.

ADULTOS com diminuição da função renal clearance de creatinina: 

– entre 10 e 30 mL/min: 250 a 500 mg a cada 12 horas.

– menor que 10 mL/min: 250 a 500 mg a cada 24 horas.

* Idosos podem necessitar de doses menores em função da condição renal. 

Suspensão Oral:

Crianças com menos de 40kg:

– Recém-nascidos e crianças até 3 meses de idade: (usar suspensão 125 mg/5 mL) 30 mg por kg de peso por dia, divididos em doses a cada 12 horas.

3 meses de idade ou mais:

– Sinusite, infecção do trato respiratório baixo, infecção mais grave: 45 mg de amoxicilina por kg de peso por dia, divididos em doses a cada 12 horas.

– Infecção menos grave: 25 mg de amoxicilina por kg de peso por dia, divididos em doses a cada 12 horas.

– Otite média aguda: 90 mg de amoxicilina por kg de peso por dia, divididos em doses a cada 12 horas.

– Amigdalite ou faringite (episódios recorrentes por Streptococcus pyogenes (estreptococos betahemolíticos do grupo A):
40 mg de amoxicilina por kg de peso por dia (máximo de 750 mg por dia), divididos em doses a cada 8 horas, durante 10 dias.

As doses para crianças com mais de 40kg são as mesmas descritas para adultos.

Injetável:

Atenção! Não administrar Amoxicilina + Clavulanato de Potássio via Intramuscular!

– Amoxicilina 500 mg + Ácido Clavulânico 100 mg (pó) – Via Intravenosa Direta:
Reconstituir em cloreto de sódio a 0,9% ou agua para injeção em volume total de 10ml. Administrar em via intravenosa direta com tempo de infusão lento, de 3 a 4 minutos.

– Amoxicilina 500 mg + Ácido Clavulânico 100 mg (pó) – Infusão Intravenosa (Diluído no Soro):
Reconstituir em cloreto de sódio a 0,9% ou agua para injeção em volume total de 10ml. Diluir a reconstituição em Cloreto de Sódio 0,9% em 50ml com tempo de infusão de 30 a 40 minutos.

– Amoxicilina 1,0 g + Ácido Clavulânico 200 mg (pó) – Via Intravenosa Direta:
Reconstituir em cloreto de sódio a 0,9% ou agua para injeção em volume total de 20ml. Administrar em via intravenosa direta com tempo de infusão lento, de 3 a 4 minutos.

– Amoxicilina 1,0 g + Ácido Clavulânico 200 mg (pó) – Infusão Intravenosa (Diluído no Soro):
Reconstituir em cloreto de sódio a 0,9% ou agua para injeção em volume total de 20ml. Diluir a reconstituição em Cloreto de Sódio 0,9% em 100ml com tempo de infusão de 30 a 40 minutos.

Acerca da Dosagem (Considerando Amoxicilina):

Adultos e crianças acima de 12 anos:
1 g de amoxicilina, de 8 em 8 horas. Em infecções graves aplicar a injeção a cada 4 ou 6 horas.

* Idosos podem necessitar de doses menores em função da condição renal.

Crianças de 3 meses a 12 anos:
25 mg de amoxicilina por kg de peso corporal, de 8 em 8 horas. Em infecções graves aplicar a injeção de 6 em 6 horas.

Recém-nascidos e crianças até 3 meses: 
25 mg de amoxicilina por kg de peso corporal, a cada 12 horas, aumentando a frequência para 8 em 8 horas após o período perinatal.

Quais são os Efeitos Colaterais da Amoxicilina + Clavulanato?

Os efeitos mais comuns da Amoxicilina + Ácido Clavulânico (Clavulanato de Potássio) são: diarreia, dor abdominal e náusea. Também podem ocorrer: Urticária, febre, candidíase vaginal e colite pseudomembranosa. Tais efeitos são mais frequentes em formulações com maior concentração de ácido clavulânico.

Quais são os Cuidados de Enfermagem para Pacientes sob uso de Amoxicilina + Clavulanato?

• Questionar ao paciente se o mesmo possui alergia a betalactâmicos como: amoxicilina, peniclina e cefalosporinas. Caso tenha, informar ao médico.

• Em lactantes, não é recomendado o uso de Amoxicilina + Clavulato de potássio, pois a Amoxicilina é eliminada no leite.

• O uso de Amoxicilina + Clavulanato não é recomendado durante a gestação. Neste caso, discuta com o médico uma alternativa considerando as condições da paciente.

• Em caso de administração via oral, recomende ao paciente que tome a medicação junto às refeições, pois favorece a absorção e reduz possíveis irritabilidades gastrointestinais.

• Orientar pacientes do sexo feminino, e que fazem o uso de anticoncepcional oral, que a amoxicilina pode reduzir a ação do medicamento, sendo necessário sugerir outros métodos contraceptivos não orais.

• Não administrar Amoxicilina + Clavulanato de Potássio junto à outros antibióticos aminoglicosídeos, pois a amoxicilina pode antagonizar o efeito.

• Não é recomendado o uso de Amoxicilina + Clavulanato de Potássio em pacientes que já apresentaram lesões hepáticas decorridas do uso de Amoxicilina ou penicilina. Discutir com o médico acerca das alternativas de tratamento.

• Recomendar ao paciente uma maior ingesta hídrica durante o uso de Amoxicilina + Clavulanato para evitar cristalúria (Formação de cristais na urina).

• Em pacientes com sonda, é recomendado administrar Amoxicilina + Clavulanato em suspensão oral, diluindo a solução e 30 a 40ml de água para reduzir a viscosidade da solução.

• Amoxicilina + Clavulanato pode potencializar o efeito de anticoagulantes, portanto, em pacientes que fazem o uso de anticoagulantes, deve-se observar sinais de hemorragia ou redução de plaquetas e conversar com o médico para reduzir a dose do anticoagulante durante o tratamento com amoxicilina.

Referências

BRASIL. ANVISA. . Bulário Eletrônico. 2016. Disponível em: https://consultas.anvisa.gov.br/#/bulario/. Acesso em: 02 ago. 2022.

BARROS, Elvino. Medicamentos de A a Z: 2016-2018. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

CAETANO, Norival. BPR – Guia de Remédios 2016/17. 13ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

SUPERA, Laboratórios. Lânico: Amoxicilina Tri-Hidratada + Clavulanato de Potássio. São Paulo-SP, 2019.

escrito por:

Gabriel Fellipe Félix Lima

Gabriel Fellipe Félix Lima

Graduando em Enfermagem pela PUC Goiás, Designer Gráfico, Programador e Apaixonado por Tecnologia!